Uma mulher, de 58 anos, foi presa depois suspeita de furtar R$ 330 mil da casa do deputado federal Professor Alcides, em Aparecida de Goiânia. Ela foi localizada no Mato Grosso do Sul, depois que divulgou um vídeo nas redes sociais.
Equipes da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) e Polícia Civil encontraram R$ 47 mil escondidos na residência da mulher, que acabou confessando o crime. Ela relatou aos policiais que foi chamada para trabalhar para o deputado federal Professor Alcides, para realizar orações e encontros religiosos, e depois de conquistar a confiança da família, descobriu o local onde era guardado o dinheiro e o furtou. “Quebrando totalmente a confiança depositada nela, furtou o dinheiro e foi embora”, disse o deputado federal.
O deputado federal Alcides Ribeiro Filho confirmou que a mulher esteve por pouco tempo em sua casa e explicou que o dinheiro pertencia ao Centro Universitário Alfredo Nasser (Unifan), de qual é dono e que pretendia depositar na conta da empresa, porém ocorreu o furto. “Foi arrecadado na véspera do feriado de 7 de Setembro deste ano quando muitos alunos anteciparam as mensalidades para ganharem o desconto de praxe e efetuarem o pagamento das mesmas na boca do caixa. Sem tempo hábil para efetuar a transação bancária, o montante foi levado para a minha residência como forma de resguarda-lo para posterior deposito na conta da empresa”, relata.
Com o dinheiro a suspeita comprou cinco carros, sendo um VW Fox, um Hyundai HB-20, um VW Voyage, um Fiat Pálio e um Ford Fiesta, e postou um vídeo ao lado dos filhos com os carros enfileirados nas redes sociais. Os vizinhos da família da mulher afirmaram que ela explicou a compra dos veículos com a história de uma herança da mãe.
O Dia Online não conseguiu contato com a defesa da suspeita. O espaço segue aberto
Fonte: Dia Online