spot_img
quinta-feira, junho 30, 2022

Global Statistics

All countries
552,394,980
Confirmed
Updated on 30 de June de 2022
All countries
524,926,580
Recovered
Updated on 30 de June de 2022
All countries
6,357,308
Deaths
Updated on 30 de June de 2022
quinta-feira, junho 30, 2022

Estatisticas global

All countries
552,394,980
Confirmados
Updated on 30 de June de 2022
All countries
524,926,580
Recuperados
Updated on 30 de June de 2022
All countries
6,357,308
Mortes
Updated on 30 de June de 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Homem é preso suspeito de se negar a ser atendido por garçonete negra em Goianésia

Um homem foi preso suspeito de se negar a ser atendido pela garçonete Daiane Pereira dos Santos, que é negra e trabalha em um comércio de Goianésia. Ele disse para ela que não queria ser atendido por uma “preta feia” e nem por “preto nenhum”. A Polícia Militar foi chamada e ele foi preso por injúria racial e racismo.

O nome dele não foi divulgado pela polícia. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar até a última atualização desta reportagem.

“No momento em que eu fui levar a cerveja, ele olhou para mim e disse: ‘eu não quero ser atendido por você, sua preta feia. Eu quero meu dinheiro de volta’. Depois ele falou para a gerente: ‘não quero ser atendido por ela nem por preto nenhum’. Só quem passa mesmo para saber a dor”, desabafou a garçonete.

 

A garçonete contou que o homem entrou no comércio, consumiu bebidas alcoólicas e depois pediu mais cerveja. Quando a Daiane Pereira levou a bebida, ele se recusou a receber a cerveja por causa da cor da pele dela.

Para Daiane, ele ainda teria dito que queria ser atendido por uma “branquinha bonitinha”.

Depois da suspeita de cometer injúria contra a garçonete, o homem ainda teria xingado um casal homoafetivo que estava no local.

De acordo com a ocorrência, ele perguntou a uma mulher se ela tinha namorado. A mulher respondeu que tinha uma namorada, uma outra mulher que a acompanhava. A partir daí, ele teria xingado as mulheres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Quirinópolis

ARTIGOS RELACIONADOS