spot_img
sexta-feira, agosto 12, 2022

Global Statistics

All countries
593,554,372
Confirmed
Updated on 12 de August de 2022
All countries
563,816,180
Recovered
Updated on 12 de August de 2022
All countries
6,449,546
Deaths
Updated on 12 de August de 2022
sexta-feira, agosto 12, 2022

Estatisticas global

All countries
593,554,372
Confirmados
Updated on 12 de August de 2022
All countries
563,816,180
Recuperados
Updated on 12 de August de 2022
All countries
6,449,546
Mortes
Updated on 12 de August de 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

FCO Rural tem R$ 105,2 milhões aprovados

Previsão é criar 136 empregos diretos em 52 municípios goianos. O volume de financiamentos autorizados chegou a R$ 105,2 milhões, sendo 46,8% destinados a estabelecimentos rurais de pequeno porte; 35,1%, pequeno-médio porte; e 18,1%, médio porte. O tíquete médio por proposta ficou em R$ 1,3 milhão

 

Em nova rodada de análises de projetos, a Câmara Deliberativa do Conselho de Desenvolvimento do Estado aprovou 79 cartas-consulta ao Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), na modalidade Rural. O volume de financiamentos autorizados chegou a R$ 105,2 milhões, sendo 46,8% destinados a estabelecimentos rurais de pequeno porte; 35,1%, pequeno-médio porte; e 18,1%, médio porte. O tíquete médio por proposta ficou em R$ 1,3 milhão.

Os projetos deferidos preveem a aplicação da maior parte dos recursos em aquisição de máquinas e implementos. Outros itens contemplados são matrizes, benfeitorias, irrigação, pastagens, sistemas fotovoltaicos, eletrificação e outros. “O FCO possibilita o investimento em tecnologia e isso é fundamental para o ganho de produtividade e a sustentabilidade do agronegócio goiano. Seguindo a determinação do governador Ronaldo Caiado, os recursos do Fundo têm sido pulverizados para alcançar o maior número possível de produtores, sobretudo pequenos e médios, que são aqueles que mais precisam da mão do Estado”, destaca o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça.

Na 379ª Reunião da Câmara Deliberativa do Conselho de Desenvolvimento do Estado, as atividades contempladas com recursos do FCO Rural foram produção de grãos (soja/milho), bovinocultura de corte, cana-de-açúcar e avicultura. A estimativa é que os novos investimentos criem 136 empregos diretos em 52 municípios goianos. Entre os dez municípios contemplados com maiores volumes de recursos nesta rodada estão: Jataí, Edéia, Rio Verde, Bom Jesus de Goiás, Bom Jardim de Goiás, Jussara, Paraúna, Pontalina, Acreúna e Hidrolina.

Saiba mais
O Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) foi criado pela Constituição Federal de 1988 e regulamentado pela Lei nº 7.827, de 27/09/1989. Seu objetivo é promover o desenvolvimento econômico e social dos Estado de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal, mediante programas de financiamento aos setores produtivos. É dividido em duas modalidades, FCO Empresarial e FCO Rural, abastecidas com recursos provenientes de alíquotas de 0,6% do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), bem como dos retornos dos financiamentos. Podem pleitear recursos do FCO: produtores rurais e empresas, pessoas físicas e jurídicas, e cooperativas de produção.

Os números citados acima não incluem projetos aprovados e financiamentos autorizados na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride).

Comunicação Setorial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Quirinópolis

ARTIGOS RELACIONADOS