spot_img
sexta-feira, agosto 12, 2022

Global Statistics

All countries
593,527,617
Confirmed
Updated on 12 de August de 2022
All countries
563,764,247
Recovered
Updated on 12 de August de 2022
All countries
6,449,394
Deaths
Updated on 12 de August de 2022
sexta-feira, agosto 12, 2022

Estatisticas global

All countries
593,527,617
Confirmados
Updated on 12 de August de 2022
All countries
563,764,247
Recuperados
Updated on 12 de August de 2022
All countries
6,449,394
Mortes
Updated on 12 de August de 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Aneel anuncia que bandeira tarifária verde será mantida para julho

Depois da autorização publicada para o plano de tarifas de energia com reajuste até 64%, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) tirou a preocupação temporariamente dos brasileiros sobre os valores de suas contas de energia. Isso porque, segundo seu comunicado será mantida a bandeira verde em julho para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

O Sistema Interligado Nacional é dividido em quatro subsistemas: Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte. Praticamente todo o país é coberto pelo SIN. A exceção são algumas partes de estados da Região Norte e de Mato Grosso, além de todo o estado de Roraima. Atualmente, há 212 localidades isoladas do SIN, nas quais o consumo é baixo e representa menos de 1% da carga total do país. A demanda por energia nessas regiões é suprida, principalmente, por térmicas a óleo diesel.

Assim, com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês, já que esta foi a única bandeira que não entrou nos reajustes recém publicados. Este é o terceiro o anúncio de bandeira verde realizado pela Aneel desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, que durou de setembro de 2021 até meados de abril deste ano. Segundo a Aneel, na ocasião, a bandeira verde foi escolhida devido às condições favoráveis de geração de energia.

Também de acordo com a agência, os aumentos que podem acontecer e sua autorização para o restante do ano de 2022 são devido à inflação e ao maior custo das usinas termelétricas neste ano, decorrente do encarecimento do petróleo e do gás natural nos últimos meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Quirinópolis

ARTIGOS RELACIONADOS